Desde a criação do dança em foco, em 2003, assistimos a um aumento exponencial das criações para vídeo estabelecendo um outro espaço possível para a videodança brasileira e mundial, com inúmeras edições online: ao longo dos últimos meses de pandemia já transcorridos, a tela vem sendo tomada como o único espaço possível para fazer e fruir dança. A criação da dança para vídeo multiplicou suas poéticas e exponenciou seus números.

Odança em foco permanece e segue ocupado com a abertura de espaços para que nossos corpos, imagens e movimentos se entreteçam e produzam novas redes.

A edição de 2021 celebra os 19 anos do festival e traz para o público de forma online, a nossa já conhecida MIV - Mostra Internacional de Videodança, desta vez contando com diversas mostras convidadas de importantes festivais, além de retrospectivas de realizadores Lilian Graça e Gustavo Gelmini e com artistas e pesquisadores que fazem parte da REDIV - Rede Ibero-americana de Videodança. Além deles, temos a participação de mostras convidadas do Festival de Videodança de Freiburg, da Alemanha; do Festival Internacional de Videodança Sans Souci, edição Brasil; do FIVRS – Festival Internacional de Videodança do Rio Grande do Sul; da Mostra Panorâmica, realizada pelo Lab Midiadança, do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará; e um tour especialmente preparado para esta edição pela Plataforma Videodança+, com curadoria de Sarah Ferreira.

O dança em foco conta também com alguns parceiros importantes como o Festival VideodanzaBA, da Argentina, que vai reproduzir parte de nossa programação naquele país, e o apoio institucional das Redes Confluentes, que inaugurou recentemente a sua parceria com o festival. Agradecemos aos artistas, curadores e diretores das mostras aqui apresentadas, que disponibilizaram seus trabalhos e suas programações.

Paulo CALDAS, Leonel BRUM e Regina LEVY


clique aqui e confira a programação completa
Translate*