Antes D+ Nada

Dançar como um ato de obediência às suas próprias referências. Nesse caso a vermelhidão do solo mineiro, que se vê constantemente ameaçado. O corpo é também uma forma de sublimar e evocar forças, nesse percurso descobre outras texturas e dança.

Direção e dramaturgia: João Viotti Saldanha
Criação e ação: Marcos Tó
Trilha sonora: Zé Motta
Filmagem e fotos: Gabriel Zaidan
Edição: Cristina Dias
Direção de produção: Laura de Castro
Assistente de produção: Jacqueline de Castro, Mari Isoni

Translate*