Release 2015

RELEASE DE IMPRENSA

dança em foco – Festival Internacional de Vídeo & Dança realiza sua 13ª edição

04 a 16 de agosto - Castelinho do Flamengo, no Rio de Janeiro

De 04 a 16 de agosto o dança em foco – Festival Internacional de Vídeo & Dança leva sua programação gratuita para o Centro Cultural Oduvaldo Vianna Filho, conhecido como Castelinho do Flamengo. A 13ª edição do evento, patrocinada pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, conta com a tradicional MIV – Mostra Internacional de Videodança, oficinas e encontros com convidados nacionais e internacionais.

ACOMPANHE a AGENDA dia-a-dia do dança em foco 2015.

No lançamento, dia 4 de agosto, a partir das 19h, com a parceria da Raiz Forte Coquetelaria e Culinária, o dança em foco, abre ao público a MIV, as instalações e convida o carioca Gustavo Gelmini, que exibe o trabalho em processo de alguns dos videodanças do Dança.MOV - Cidade em movimento, desenvolvido pela produtora Burburinho Cultural, e que integram o média-metragem Suítes para Dança.

Com direção de Paulo Caldas, Leonel Brum, Eduardo Bonito e Regina Levy, o Festival está há 13 anos na vanguarda da discussão sobre dança e vídeo. Nessa edição o evento apresenta 126 videodanças de países como Alemanha, Dinamarca, EUA, França, Israel, Itália e Taiwan. Reconhecida como uma das mais representativas plataformas internacionais de videodança, a Mostra Internacional de Videodança desse ano recebeu 215 inscrições, de 21 países diferentese ainda conta com a parceira de 8 festivais internacionais para exibição de seus programas on tour.

“Desde a criação do evento, em 2003, estamos atentos aos mais diversos modos de associação entre vídeo e dança (ou, mais abrangentemente, imagem e corpo). Entre eles, a videodança se consolidou como uma referência maior para público e artistas. Nela, a dança é feita de vídeo, e o vídeo é feito de dança”, explica Paulo Caldas, diretor e fundador do Festival.

Na edição deste ano, se destacam retrospectivas instalativas dos artistas Simon Fildes (Reino Unido) e da dupla chameckilerner - Rosane Chamecki e Andrea Lerner (BRA/EUA). Reconhecido internacionalmente como realizador em videodança, Simon Fildes ministra também a oficina “Filmar para a edição; editar para a dança”, onde serão explorados modos pelos quais as técnicas de câmera e edição podem produzir características usualmente ligadas à performance cênica. Rosane Chamecki e Andrea Lerner ministram a oficina "Estudo para Vídeo e Dança". Com participações em festivais nacionais e internacionais e um vasto currículo de obras videográficas, a dupla traz para o evento a experiência de criação para vídeo e tematiza os fundamentos do trabalho coreográfico para a câmera.

O Festival promove ainda encontros com as artistas Cynthia Domenico (SP) e Martha Hincapié (Colômbia/Berlim) e ainda um encontro entre alunos de cursos de graduação em dança do Ceará e do Rio de Janeiro, onde serão exibidos vídeos inéditos criados para o festival.

“Esperamos mais uma vez celebrar a evolução da videodança na cidade, com artistas, especialistas e público, provocando reflexões sobre o desenvolvimento da dança em suas relações com o audiovisual”, complementa Leonel Brum, diretor do dança em foco.

** O dança.mov - cidade em movimento é um projeto voltado para dança criada para site specific, que tem como meta a produção de videodanças  desenvolvidas para importantes paisagens urbanas do Rio, disponibilizados ao grande público através códigos QR.

Sobre os artistas convidados:

Simon Fildes - Transitando pela música e mídia, edição e produção para TV, Simon Fildes passou a maior parte de sua vida trabalhando como artista independente. Nas últimas duas décadas, tem se ocupado principalmente de projetos audiovisuais, interativos e instativos. Criou diversas obras em parceria com a premiada Katrina McPherson — uma realizadora de videodança reconhecida internacionalmente ‚ e recebeu o prêmio “Year of the Artist award” em 2001; em 2006, foi indicado para o “Creative Scotland Award”.

chameckilerneré uma colaboração de mais de 20 anos entre as artistas Rosane Chamecki e Andrea Lerner. Depois de concluírem cursos de graduação em Dança, as duas artistas mudaram-se de Curitiba para Nova York, em 1989, onde começaram sua carreira profissional como coreógrafas. Ao longo de mais de 20 anos de colaboração, criaram mais de 20 performances para o palco e foram ganhadoras de prêmios como The Guggenheim Fellowship e The Foundation for Contemporary Arts, entre outros. Atualmente, as artistas vêm desenvolvendo obras em outros suportes, sobretudo estruturas instalativas e fílmicas.

Gustavo Gelmini é cineasta, diretor de videodanças. Trabalhou com os coreógrafos Paulo Caldas, Esther Weitzman, João Saldanha, Marcia Rubin, Carmen Luz, Renato Vieira, entre outros.

Cynthia Domenico é artista multimidia. Trabalhou com diretores como Jorge Garcia, Guy Alloucherie, Claudia Müller, Leticia Sekito, entre outros. Em 2010, ganhou o Prêmio Mostra de Artistas no Exterior da Fundação Bienal de São Paulo com a performance Como nascem as estrelas?. Desde 2007 pesquisa a transmidialidade na dança e cria coreografias por meio de diferentes mídias.

Marta Hincapié Charryé bailarina e coreógrafa. Desde 2011 é diretor artística da SurReal, Encontro Iberoamericano de Dança, Performance, Instalação e Videodança da Plataforma Berlim. Desde 2014, é curadora Bienal da Dança 2015, em Cali, Colômbia.

Sobre os diretores do Festival dança em foco:

Paulo CaldasFormado em Dança Contemporânea na Escola Angel Vianna e em Filosofia pela UERJ, o diretor e coreógrafo Paulo Caldas tem sua produção artística marcada pela aproximação entre dança e cinema/vídeo. Desde os anos 1990, sua companhia Staccato, tem merecido diversos prêmios e distinções nacionais e internacionais. Seus espetáculos já foram apresentados em diversas cidades no Brasil, e também nos EUA, Japão, Itália, Alemanha e França. Idealizador e diretor artístico do dança em foco – Festival Internacional de Vídeo & Dança e do PODfest – Festival de Poéticas Digitais (criado em 2014), foi professor dos cursos de graduação em dança da UniverCidade (2007-2010) e da Faculdade Angel Vianna (1995/2010), onde coordenou o curso de pós-graduação “Estéticas do Movimento: Estudos em Dança, Videodança e Multimídia”. Atualmente, é doutorando em Educação e professor dos cursos de Dança da Universidade Federal do Ceará.

Leonel Brum
é diretor artístico dos festivais dança em foco e PODFest - Festival Internacional de Poéticas Digitais. Foi membro das comissões curatoriais: InShadow, Lisboa (2014), IPAM - International Performing Arts Meeting, Barcelona (2013), Bienal de Par em Par/Fortaleza (2012). Foi diretor fundador dos festivais Dança Brasil (CCBB, Rio e Brasília) e Dança Criança (Caixa/RJ). Doutor em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Possui mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). É professor adjunto e coordenador dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Dança do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará (ICA/UFC). Foi coordenador de Dança da Fundação Nacional de Artes (Funarte/MinC), onde também atuou como representante internacional das áreas de Circo, Dança e Teatro. Tem livros e textos publicados sobre dança, história da dança e videodança.

Eduardo Bonito - Produtor brasileiro, artista visual e curador Eduardo Bonito estudou em Artes Cênicas e Relações Públicas da Universidade de São Paulo, Brasil, e performance na Universidade de Middlesex, Inglaterra. É produtor profissional desde 1990, foi diretor de projetos na Artsadmin (Londres) de 1997 a 2001, esteve envolvido com o Panorama Festival (Rio de Janeiro) desde 2004, e atuou como seu diretor artístico de 2006 a 2012. Desde 2005, ocupa o cargo de diretor artístico do dança em foco - Festival Internacional de Vídeo e Dança, evento brasileiro exclusivamente dedicado à interface vídeo / dança. Em 2015 fundou a Casa Nuvem no Rio de Janeiro onde trabalha com contracultura, arte e ativismo.

Regina Levy - Diretora de Produção e Execução. Profissional há 30 anos no mercado cultural, passou por agências publicitárias, empresas, ONG e consultorias até se fixar em 1997 como produtora cultural independente. É cocriadora e diretora de produção do dança em foco - festival Internacional de Vídeo & Dança, desde sua criação, em 2003; e do “PODfest – Festival de Poéticas Digitais” de 2014. Em 2012, foi curadora da Mostra Funarte de Dança e Teatro/Mambembão e avaliadora do Festival Internacional do Recife (FIR), e, em 2013, participou do júri do Prêmio Funarte de Dança. Graduada em Comunicação e Relações Públicas, com pós em Marketing, desde 2005 ministra cursos livres de produção em diversas instituições.

 

Assessoria de Imprensa:

LEAD Comunicação
(21) 2222-9450
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.